Helk-Saqueth-Kmh

Super-robô dos loowers, um tipo de robô universal chamado genericamente de helk. Ele consiste de milhares de módulos, que em grande parte por sua vez podem atuar de forma independente, e igualmente são chamados helks. Essa estrutura modular reflete-se também no nome do helk: Helk-Saqueth-Kmh significa os milhares de módulos do mestre Saqueth-Eeno. Ele é a obra inacabada da vida do lendário armeiro Saqueth-Eeno. Ele foi concebido de forma tão simples quanto genial. Porém, ele é simples apenas no sentido enteléquico. Na verdade, trata-se de uma construção inacreditavelmente complicada. Na sua forma completa, o Helk-Saqueth-Kmh é quase redondo, com um diâmetro de cerca de 130 metros. Os helks maiores foram equipados com um sistema de propulsão própria, o chamado roteador transmiterm, o qual permite voos interestelares de longa distância. No ano 3586 – depois de os loowers em Alyra II terem recebido o impulso tão ansiosamente aguardado do objeto procurado por eles –, o helk foi recuperado do lago de fogo de Sahlmo em Alkyra I e usado para explorar o Sistema Solar, com o intuito de oportunamente resgatar o objeto na Terra. No entanto, no decurso dessa missão, ao se aproximar das pirâmides de Gizé, onde o objeto estava escondido, a maioria dos seus componentes foi destruída pelos terranos. A seção de reportagem, chamada Helk-Tolgink, que tinha ficado para trás, retornou para Alkyra II e relatou o fracasso da missão.


 

Créditos: 

Fontes


  • P878, P879, P883, P902.
  • Glossários: P883, P902.
Seção do Site: