Bem-vindo(a) à Stardust Page

Seja bem-vindo(a) à Stardust Page! Este site é dedicado à maior série literária de ficção científica de todos os tempos: Perry Rhodan.

A missão do site é prover conteúdo sobre a série Perry Rhodan tanto para quem ainda não a conhece quanto para quem já é fã de longa data. Aqui o visitante poderá ler sobre o que é a série, seu enredo básico e qual o status dela atualmente. O site também apresenta as últimas novidades em lançamentos da série, resumos de episódios e ciclos, imagens de capas e outros materiais.

A Stardust Page é apoiada pela SSPG Editora, a editora da série no Brasil. No entanto, ao contrário do site oficial da editora, a Stardust Page cobre também outras áreas da série que por enquanto estão além da edição da SSPG.

Técnico-rastreador

Profissão dos zaphoorenses. Eles pertenciam à tribo dos zaphoorenses da Irmandade dos Técnicos-Rastreadores, que viviam no castelo cósmico de Murcon. Os técnicos-rastreadores eram responsáveis pela gestão do patrimônio técnico dos zaphoorenses. Sua tarefa era se responsabilizar pelas espaçonaves de propriedade dos zaphoorenses. Eles eram as únicas pessoas da Grande Hospedaria (como todos os zaphoorenses chamavam o castelo cósmico) que entendiam algo sobre as espaçonaves e a viagem espacial.

Skri-marton

Órgão semiesférico, com cerca de cinco centímetros de altura, que se encontra na parte de trás do lóbulo que constitui a terminação superior do corpo em forma de rim de um loower. Na língua dos loowers, skri-marton significa “a morada da fonte”. O mais peculiar em relação a esse órgão notável é o fato de que o skri-marton não está presente no nascimento, mas forma-se somente nos loowers que são destinados ao honroso cargo de mestre da fonte, através de profundos pensamentos enteléquicos, assim como pela longa meditação dirigida à fonte de matéria.

Kerm-Tzakor

Loower. Ele era um dos três sublíderes do mestre da fonte Pankha-Skrin na kairaquola, ocupando o posto de subcomandante. Junto com Basir-Fronth e Burnetto-Kup, ele formava a primeira guarda de comandantes da kairaquola. Sua espaçonave era a Cencenaire.

Kairaquola

Designação para a frota do mestre da fonte dos loowers. Ela também é designada como frota do mestre da fonte ou frota de busca.

Detalhes Técnicos


Todas as naves da frota apresentam a forma cônica típica das naves loowerianas. O comprimento delas é de cerca de 800 metros, e o diâmetro do círculo da base, de cerca de 300 metros.

Zullmaust

Zaphoorense. Como a maioria dos zaphoorenses, também Zullmaust mostra mutações. Ele tem pequena estatura. Não possui pernas, mas músculos de salto, com os quais pode se empurrar do chão e executar saltos altos e amplos. Porém, quando tem de se mover em público, ele geralmente se deixa levar. Para compensar a baixa extensão de sua figura, ele usa uma armadura feita de metal cintilante. A armadura inclui um capacete, que Zullmaust coloca quando tem de se equipar para uma função oficial.

Ordem dos Zarolhos

Tribo dos zaphoorenses que vive no castelo cósmico de Murcon. Eles possuem apenas um olho. No ano 3586, o líder dos zarolhos, Laghrimar, se reuniu com a rainha das mulheres, Garlotta, a qual o tinha chamado, junto com outros líderes, para discutir a “situação de risco” atual, na qual todos os grupos queriam se apossar do mestre da fonte. Afinal, a sequência dos acontecimentos representava uma ameaça a todo o povo zaphoorense. Pouco depois, Pankha-Skrin conseguiu transmitir uma mensagem que alcançou todos os salões da Grande Hospedaria.

Lorvorc

Um dos sete Poderosos, que conduzia antigamente a nave semeadora Wasten-Galt. Lorvorc era corpulento e tinha uma aparência imponente. Ele tinha uma figura musculosa, cabelos ondulantes e olhos brilhantes, como todos os atemporais. Da mesma forma que os demais Poderosos, ele tinha um castelo cósmico. Lorvorc tinha muitas vezes afirmado que a Plataforma não passava de uma ilusão de óptica, uma fantasia que se manifestava como um sonho, na qual apenas o robô Laire era real. Ele sofria de solidão e, depois que a Liga dos Poderosos foi dissolvida, ficou sob crescente tédio.

Irmandade dos Verdadeiros Zaphoorenses

Tribo dos zaphoorenses que habita os recintos centrais do castelo cósmico de Murcon (chamado de a Grande Hospedaria pelos zaphoorenses). Essa irmandade é a mais poderosa dos zaphoorenses. No ano 3586, seu líder e soberano é Boronzot. Ele é um rei cruel e inescrupuloso, que pretende se tornar o rei de todos os zaphoorenses. Quando o mestre da fonte Pankha-Skrin foi trazido ao castelo de Murcon por um mensageiro cinzento, um tipo de nave robotizada, ele foi primeiramente levado até a presença de Boronzot.

Irmandade das Mulheres Independentes

Tribo dos zaphoorenses formada exclusivamente por mulheres, as quais habitam o castelo cósmico de Murcon. Essa irmandade de mulheres habita uma das oito torres altas da Grande Hospedaria (como os zaphoorenses chamam o castelo). No ano 3586, a sua superiora era Salsaparú, chamada de olhos-tortos. Essa irmandade possui uma organização rígida, que foi introduzida primeiramente pela antecessora de Salsaparú e depois foi reforçada por esta. As vantagens dessa organização se mostraram perceptíveis quando da chegada do mestre da fonte Pankha-Skrin.

Pilobolus zaltertepeus matris

Nome dado pelos siganeses da subcolônia de Zaltertepe ao fungo que representava uma ameaça grave para sua existência naquele planeta no ano 3587. Primeiramente, o fungo foi percebido pelos siganeses apenas como uma ameaça para a árvore-garrafa em que a colônia de siganeses vivia. Era característica do fungo que não podia ser interrompido, nem mesmo diante de metal-plástico, secretava bilhões de cápsulas de esporos em determinados intervalos, que agem mortalmente na inalação em siganeses.

Páginas