Organizações

Organizações e instituições políticas, militares, religiosas e sociais da narrativa.

Baykalobos

Grupo dos baramos. Assim se chamavam, em tradicional dependência de seu mundo de origem, os baramos revolucionários. Há milênios eles lutavam contra os seus terríveis dominadores. Eles preferiam a resistência passiva, não lutavam ativamente. Mas eles não eram covardes. Eles não depositavam os seus ovos em Baykalob, mas em outros mundos onde, escondidos, tentavam chocá-los artificialmente. Por essa razão eram perseguidos pelos que eles chamavam de exterminadores, que não eram outros senão os ulebs. No ano 2437, os baykalobos buscavam aliados.

Batalenses

Organização subversiva. Grupo de pessoas parcialmente imbecilizadas que se reuniram em torno de Masko Batala que queria construir um império na Terra. Também são conhecidos como a Comunidade dos Clarividentes.


 

Bando dos cientistas

Grupo de sete cientistas lemurenses liderado pelo Plath, juntos eles governavam os poucos sobreviventes de Godlar, uma das maiores cidades de Lemur (Terra) no apogeu do império lemurense (Grande Tamânia). Eles mantinham os sistemas de energia e suporte de vida funcionando, que estava sob o controle do anônimo Plath, que governava a cidade-bunker com seus espiões robóticos.


 

Vasga

Organização do tipo executivo. Ela representa o serviço secreto do Raytschato Naupaumense, o maior reino estelar da galáxia Naupaum.

União das Civilizações Positrônico-Biológicas

Organização do tipo aliança, abreviada como UCPB. É uma fusão política na Via Láctea, cujos detalhes ainda não são conhecidos.

Dados Gerais


A União representa uma aliança à qual pertencem os pos-bis em particular. Outro membro era os zains, que, no entanto, agia basicamente em segundo plano.

Embaixador conhecido


Uma embaixadora conhecida é a pos-bi Jawna Togoya, que tem a aparência de uma mulher terrana.

Páginas