Tecnologia

Espaçonaves, veículos, armamentos, sistemas de computação, robôs e substâncias artificiais da narrativa.

Beauty of Logic

Espaçonave terrana, um colosso de 2.500 metros de diâmetro da classe Galáxia. Em julho do ano 3580, ela era a nave capitânia de um grupo de 38 naves que partiu para explorar o aglomerado de Bazinski, situado no Turbilhão Estelar. O comandante era o almirante Enkher Hodj.


 

Bazar dos Kits de Montagem

Espaçonave cilíndrica do prospector Pyon Arzachena. Ela deveria se tornar a sede de sua empresa voadora de remessa de kits de montagem. Ele a comprou com essa finalidade do imperador dos livres-mercadores Anson Argyris, que a reformulou e equipou à custa dos cofres do planeta Olimpo, já que ela estava sendo utilizada provisoriamente no interesse da Liga dos Terranos Livres.


 

Batschadu

Robô extraterrestre especial superversátil, pertencente ao estaleiro do ambulante Kalak. Em agosto do ano 2404, foi o primeiro a despertar de seu sono multissecular, quando a nave Crest III pousou no estaleiro. Tinha corpo deformável com uma pele altamente elástica, capaz de mudar de forma e de cor para imitar os visitantes. Era sustentado por seu próprio campo antigravitacional. Foi destruído pelos terranos que pensavam estar sendo atacados.


 

Batral

Espaçonave terrana do tipo cruzador. Em fevereiro do ano 3457, através de um contato de rádio, informou a nave Ex-4007 sobre a epidemia da DAP.


 

BASE SP-12

Espaçonave terrana do tipo space-jet, uma nave auxiliar da nave de longa distância BASE. Seu nome próprio é Balthus.


 

BASE CL-23

Espaçonave terrana. Denominação oficial do cruzador ligeiro Carl Sagan (nave), uma nave auxiliar da nave de longa distância BASE.


 

Páginas